Saúde do Cão de Água Português

saúde - cão de água português

O Cão de Água Português é considerada uma raça bastante saudável. Aconselhamos que mantenha as vacinas em dia e a fazer uma desparasitação com tanta regularidade quanto possível. A sua alimentação deve consistir em ração, mas claro, poderá de vez em quando dar-lhes um mimo – eles adoram biscoitos ou torradas.

Poderá também dar-lhes bocados de maçã, cenoura, banana – desde que em doses reduzidas. Uma regra muito importante – nunca dê chocolate ao seu cão. Chocolate em excesso pode provocar a morte do animal. Tenha muita atenção!!

O seu cachorro jovem

Trazer um cachorro para casa é uma decisão importante, um compromisso para vários anos e como tal não deve ser tomado de ânimo leve. Depois de tomar uma decisão positiva, é necessário escolher a raça mais adequada, tendo em consideração vários factores, como o seu estilo de vida, espaço, a casa, horários de trabalho, o agregado familiar, orçamento, etc.

Seleccionar o seu cachorro

  1. Saiba a idade do cachorro, deverá ter no minimo 8 semanas, antes de ser separado da ninhada.
  2. Pergunte se existem risco de saúde associados à raça, como displasia da anca.
  3. Certifique-se que tem as vacinas e desparasitação feitas.
  4. Pergunte que alimentação tem feito, e a qual lhe deverá dar.
  5. Macho ou fêmea? Esta pergunta ajuda a reduzir as hipóteses, se já tiver tomado essa decisão.

Não é fácil escolher entre tantos na ninhada, como tal que decida com o coração, senão deixe que seja ele(a) a escolhê-lo.

Desenvolvimento inicial

Provavelmente só verá o seu cachorro pela primeira vez com 8 semanas. Contudo, enviamos fotos das nossas ninhadas regularmente, o que significa que poderá vê-lo crescer. Com a nossa ajuda e a ajuda da mãe, o cachorro terá já efectuado passos importantes para se tornar um cão equilibrado e socializado.

Período neo-natal (nascimento-2 semanas)

Nos primeiros dias de vida, os cachorros são completamente dependentes da mãe, para os alimentarem e aquecerem. Mas claro que nós também ajudamos, pegando neles por exemplo, para os habituar ao contacto humano (e porque são irresistíveis…!) de modo a familiarizarem-se com pessoas.

Periodo de transição (2-3 semanas)

As capacidades sensoriais e motoras desenvolvem-se rapidamente à medida que as alterações físicas permitem que o cachorro veja, cheire, ouça, saboreie e toque no seu novo mundo pela primeira vez. Depois de rastejar e do andar vacilante e divertido, no final deste período o cachorro já saberá andar. Começa a sair da área de dormir para urinar e defecar, e deste modo terá um treino natural para as suas necessidades fisiológicas. No final deste período, começam a nascer os dentes de leite e o cachorro terá começado a beber líquidos, a mastigar alimentos moles e a abanar a cauda!.